Paróquia Santo Anatácio
  Horários de Missas
  TERÇA 07h00 - MANHÃ
QUINTA 19h30 - NOITE
SEXTA 07h00 - MANHÃ
SÁBADO 18h30
DOMINGO 08h00 - 10h00 - 19h00
   

IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

29 - Junho
No dia 19, sexta-feira, celebramos a Festa do Sagrado Coração de Jesus, tínhamos dois horários para Missas em honra do Coração de Jesus, mas, por conta do decreto da quarentena municipal, tivemos que celebrar só à noite em transmissão “on line”.

O dia 20, sábado, foi dedicado ao Imaculado Coração de Maria, a porta pela qual Nosso Senhor Jesus Cristo entrou no mundo e na história humana. Esta reflexão como tributo ao Imaculado Coração de Maria já chega atrasada até você, e quero fazê-la sobre um versículo do hino que Nossa Senhora proclamou na casa de Izabel (Magnificat) e está no evangelho de Lucas 1,46-56. Vamos refletir o vers. 52, onde Maria diz que Deus “derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes”. A pergunta é:

Quem são os “poderosos” e quem são os “humildes” de que fala Nossa Senhora?

Por aí se ouve que “poderosos” são os ricos e “humildes” são os pobres. Mas vou te mostrar que esta é uma interpretação enviesada e falsa, porque a humildade pode ser encontrada tanto no rico quanto no pobre e, da mesma forma, a atitude de poder. Maria Santíssima, a quem Jesus nos deu por Mãe, não cometeu o equívoco de dividir a humanidade em classes sociais. Os enviesados é que fazem isto.

Quer ver um pobre agindo como poderoso e um poderoso agindo com clemência?

Pois então, vá ao texto de MATEUS 18,23-35. Nesta parábola, Jesus mostra um rei que, mediante a súplica do pobre servo, teve compaixão e lhe perdoou a dívida. Ao sair, este pobre servo encontrou um companheiro que lhe devia cem moedas, então o agarrou pelo pescoço, obrigando-o a pagar o que devia. Como não tivesse com que pagar, o companheiro pediu clemência, mas o pobre mandou lançá-lo na prisão. Pense um pouco! Entre o REI e o SERVO da parábola de Jesus, quem agiu com clemência (atitude do humilde) e quem agiu com força (atitude do poderoso)? Está claro, não? Quer outra prova?

Então vá em LUCAS 18,9-14. Jesus conta que dois homens foram ao Templo para rezar, um era fariseu e outro publicano (cobrador de impostos). Economicamente o fariseu era o pobre e o publicano, o rico (cf. Lc 19,2). Depois de apresentar as orações feitas por eles, Jesus disse que o publicano voltou para casa justificado, mas o outro não. E Jesus completou: “Todo aquele que se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado.” Em oração, o publicano rico apresentou a Deus humildade, já o fariseu pobre apresentou-se como “sócio” de Deus, segundo Jesus, não foi ouvido.

Pois bem, saiba que é próprio de quem se associa a funesta teologia socialista da libertação, usar a Palavra de Deus para propagar seus objetivos enviesados e ideológicos. Gente que está longe da Verdade e perto da mentira. Ali vale tudo, inclusive, manipular o conteúdo da Palavra divina para divulgar seus sinistros propósitos. O Catecismo da Igreja Católica, referindo-se à parábola que está em Lucas, diz claramente que a sede da humildade é o coração (n. 2613), portanto, não a condição social. Fique com Deus e fique na Verdade que liberta (Jo 8,32).

‹ voltar a página anterior
© 2010 Paróquia Santo Anastácio. Todos os direitos reservados.
CNBB Diocese de Presidente Prudente Vaticano Rádio Onda Viva Canção Nova