Paróquia Santo Anatácio
  Horários de Missas
  TERÇA 07h00 - MANHÃ
QUINTA 19h30 - NOITE
SEXTA 07h00 - MANHÃ
SÁBADO 18h30
DOMINGO 08h00 - 10h00 - 19h00
   

NATIVIDADE DE S.JOÃO BATISTA

24 - Junho
Como não poderia ser diferente, o último profeta enviado por Deus a Israel mereceu um significativo destaque por parte dos evangelistas, Lucas, por exemplo, começa o seu evangelho, narrando o anúncio do nascimento de João Batista a seu pai Zacarias. (Lc 1,5-22) No anúncio da concepção de Jesus à Virgem Maria, pelo anjo Gabriel, Lucas informa que Isabel, mãe de João Batista, era parenta de Nossa Senhora. (Lc 1,36-37) A Virgem Maria, ao tomar conhecimento da gravidez de Isabel, pôs-se a caminho e foi até Judá encontrar Isabel. (Lc 1,39-45)

O nascimento de João Batista foi narrado por Lucas, juntamente com o magnífico hino que Zacarias fez em agradecimento a Deus bendito. (Lc 1,57-79) Lucas narra também a circuncisão de João Batista e como se deu a escolha do seu nome por parte de Zacarias que, imediatamente, foi agraciado por Deus que lhe restituiu a fala. (Lc 1,59-66) Com um versículo, Lucas resume o período da vida oculta de São João Batista. (Lc 1,80)

São Mateus narra o início da pregação do profeta João Batista, que Isaías já havia anunciado, narra também o estilo de vida de São João e a grande procura por parte do povo pelo batismo de João nas águas do Jordão. (Mt 3,1-6) Através de Mateus sabemos qual era o conteúdo da pregação profética de João Batista. (Mt 3,7-12) O batismo de Jesus por João Batista no Jordão foi narrado por Mateus, Marcos e Lucas: Mt 3,13-17; Mc 1,9-11; Lc 3,21-22.

A prisão de São João Batista, ordenada por Herodes, e o motivo que levou o profeta ao cárcere, nós encontramos em Mateus 14,3-5. Em seguida, o evangelista descreve como aconteceu a execução de São João Batista a mando de Herodes. (Mt 14,6-12)

Também São João evangelista nos dá informações importantes sobre o Batista. Por exemplo, quando sacerdotes e levitas lhe perguntaram: “Quem és tu?” Ele confessou: “Eu não sou o Cristo”. E como eles insistissem, o Batista declarou: “Eu sou a voz que clama no deserto: aplainai o caminho do Senhor!” (Jo 1,19-23) Questionado sobre o batismo que realizava, o Batista disse: “Eu batizo com água, mas no meio de vós está Aquele que não conheceis, que vem depois de mim, do qual não sou digno de desatar a correia da sandália.” (Jo 1,25-28) Ao ver Jesus que passava, São João Batista exclamou: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. (Jo 1,29-30)

Outra informação importante do evangelho de São João, é que dois discípulos de Jesus saíram dos seguidores do Batista e, por conta de um detalhe na narração, tudo indica que um deles era o próprio São João evangelista, confira Jo 1,35-39 e observe a narrativa da hora do encontro.

Para finalizar, quero honrar São João Batista com as palavras que o próprio Jesus disse sobre ele: “Que foste ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? Que foste ver? Um homem vestido de roupas elegantes? Mas os que vestem roupas finas vivem nos palácios reais. Então, que fostes ver? Um profeta? Pois eu vos afirmo que sim, e mais do que um profeta. Em verdade, vos digo que, entre os nascidos de mulher, não surgiu nenhum maior do que João Batista.” (Mt 11,7-11)
Amado e querido São João Batista, rogai a Deus por nós!

‹ voltar a página anterior
© 2010 Paróquia Santo Anastácio. Todos os direitos reservados.
CNBB Diocese de Presidente Prudente Vaticano Rádio Onda Viva Canção Nova