Paróquia Santo Anatácio
  Horários de Missas
  TERÇA 07h00 - MANHÃ
QUINTA 19h30 - NOITE
SEXTA 07h00 - MANHÃ
SÁBADO 18h30
DOMINGO 08h00 - 10h00 - 19h00
   

FOI A MIM QUE O FIZESTE

20 - Agosto
Nesta terceira semana de agosto, circulou pelas redes sociais a notícia do abordo de uma criança de quase seis meses de gestação, filha de uma menina de dez anos, vítima de estupro. A notícia foi muito comentada, inclusive por católicos.

Na semana que antecedeu o aborto, órgãos da mídia divulgaram que a criança tinha três meses de gestação, notícia falsa. O próprio médico que fez o aborto disse que a criança tinha 22 semanas e quatro dias de gestação. A mãe de dez anos estava sob a tutela do governo do Estado do Espírito Santo, que a transferiu de Vitória para Recife para fazer o aborto, realizado através do envenenamento para matar a criança no ventre materno e depois retirá-la. A criança de quase seis meses de vida não pode sequer gritar, pedir socorro.

Agora, coloco você, católico, diante de seis Palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, para que você, nesta situação, tire suas conclusões, e diga para você mesmo se é esta Palavra que tem orientado tua vida e as opiniões que anda manifestando.

1ª) Disse Jesus: “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.” (Jo 8, 32)

2ª) Disse Jesus: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai a não ser por mim.” (Jo 14, 6)

3ª) Jesus, verdade e vida, disse: “Em verdade vos digo, se não mudardes e não vos tornardes como as crianças, não entrareis no Reino dos Céus. Aquele que se tornar pequenino como esta criança, este é o maior no Reino dos Céus. E aquele que receber uma criança como esta por causa do meu nome, é a mim que recebe. Caso alguém escandalize um destes pequeninos que crêem em mim, será melhor que lhe pendurem ao pescoço uma pedra de moer e seja precipitado nas profundezas do mar.” (Mt 18, 3-6)

4ª) Disse Jesus: “O que fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim que o fizestes.” (Mt 25, 40)

5ª) Também Jesus foi levado para a morte: “Levaram Jesus ao lugar chamado Gólgota, que quer dizer lugar da caveira. Deram-lhe a beber vinho com mirra, ele não tomou. Então o crucificaram. Jesus, dando um grande grito, morreu.” (Mc 15, 22-23.37)

6ª) “Seja vosso sim, sim e vosso não, não, o que passar disso vem do maligno”, disse Jesus. (Mt 5,37) Então, se tua opinião sobre o aborto não coincide com a Palavra de Jesus e com o ensinamento da Igreja, o caminho é rever e mudar imediatamente tua opinião, de acordo com que ensina a Igreja Católica em seu Catecismo universal:

“A vida humana deve ser respeitada e protegida de maneira absoluta a partir do momento da concepção. Desde o primeiro momento de sua existência, o ser humano deve ver reconhecido os seus direitos de pessoa, entre os quais o direito inviolável de todo ser inocente à vida. (CIC n. 2270)

“A cooperação formal para um aborto constitui uma falta grave. A Igreja sanciona com uma pena canônica de excomunhão este delito contra a vida humana.” (CIC n. 2272)

Veja no YouTube, canal Bernardo Kuster, o vídeo produzido sobre o assunto.

‹ voltar a página anterior
© 2010 Paróquia Santo Anastácio. Todos os direitos reservados.
CNBB Diocese de Presidente Prudente Vaticano Rádio Onda Viva Canção Nova