Paróquia Santo Anatácio
  Horários de Missas
  TERÇA 07h00 - MANHÃ
QUINTA 19h30 - NOITE
SEXTA 07h00 - MANHÃ
SÁBADO 18h30
DOMINGO 08h00 - 10h00 - 19h00
   

FESTA DA ASSUNÇÃO DE MARIA

17 - Agosto
Neste domingo, 16 de agosto, a Igreja celebra, com devoção, a Festa da Assunção de Maria Santíssima à glória do céu. No evangelho de Lucas 1,39-56, a palavra é dada a Mãe de Jesus, cujo Imaculado Coração foi a porta de entrada do Salvador na história humana. Faço aqui uma reflexão sobre versículo 52, onde Nossa Senhora diz que “Deus derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes”. Quem são os poderosos e quem são os humildes de que fala Maria Santíssima em sua oração na casa da prima Isabel?

Por aí se ouve dizer que poderosos são os ricos e humildes são os pobres. Mas esta é uma interpretação enviesada, porque a humildade pode ser encontrada tanto no rico quanto no pobre, assim como a atitude de poder. Além do que a Mãe de Jesus jamais cometeria o equívoco de olhar para a humanidade como quem olha para classes sociais. Ora, isto é próprio de quem lê a Palavra de Deus com propósitos enviesados. Quer ver um pobre agindo como poderoso e um poderoso agindo com clemência?

Pois então vá ao evangelho de Mateus 18,23-35. Aqui Jesus mostra um rei que, diante da súplica do pobre servo, teve compaixão e perdoou-lhe a dívida. Ao sair, este servo encontrou um companheiro que lhe devia cem moedas, o agarrou pelo pescoço exigindo que pagasse o que devia. Como não tivesse com que pagar, o companheiro pediu clemência, mas o servo pobre mandou lançá-lo na prisão. Pense um pouco. Entre o rei e o servo da parábola de Jesus, quem agiu com clemência (atitude do humilde) e quem agiu com força (atitude do poderoso)? Penso que a conclusão é clara e inequívoca. Quer outra amostra?

Abra o evangelho de Lucas em 18,9-14. Jesus conta que dois homens foram ao Templo para rezar, um era fariseu e outro publicano (cobrador de impostos). Economicamente o fariseu era pobre e o publicano era o rico (cf. Lc 19,2). Depois de apresentar as orações deles, Jesus disse que o publicano voltou para casa justificado, mas o outro não. Jesus então completou: “Todo aquele que se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado.” O publicano rico apresentou humildade a Deus, já o fariseu pobre apresentou-se como “sócio” de Deus. Segundo Jesus, este não foi ouvido.

É próprio da teologia socialista usar a Palavra de Deus para propagar objetivos ideológicos, longe da Verdade e perto da mentira. Ali vale manipular a Palavra Divina para divulgar objetivos sinistros. O Catecismo da Igreja Católica, referindo-se à parábola que está em Lucas, diz que a sede da humildade é o coração (n. 2613) e não a condição social.

Caro leitor, tenha um domingo abençoado com sua família e, sob a proteção de Deus, fique na Verdade que liberta (Jo 8,32).

‹ voltar a página anterior
© 2010 Paróquia Santo Anastácio. Todos os direitos reservados.
CNBB Diocese de Presidente Prudente Vaticano Rádio Onda Viva Canção Nova